RAD Studio XE agora com Delphi XE, C++Builder XE, Delphi Prism XE e RadPHP XE

Amigos desenvolvedores, agora não é mais segredo, durante as próximas 3 semanas vocês irão conhecer algumas das novidades do próximo RAD Studio XE, você esperava algo como RAD Studio 2011 ou Delphi 2011 o que não deixa de ser, mas a nova versão do RAD Studio, Delphi, C++Builder, Delphi Prism e RadPHP se chama  XE, uma mudança de nome que traz maior consistência as versões dos nossos produtos, entretanto as versões XE dos nossos produtos trazem:

  • Suporte heterogêneo a vários bancos de dados incluído no produto sem custo adicional
  • Suporte ao ToolCloud, nossa solução para gerenciamento e distribuição de licenças para as empresas
  • Os produtos XE oferecem upgrade para o All-Access XE, onde você pode ter todas ferramentas para desenvolvimento e banco de dados da Embarcadero.

E além disso outras novidades, como:

  1. RAD Studio XE é o conjunto de ferramentas da Embarcadero para desenvolvimento nativo, .NET e WEB que acompanha Delphi XE, C++Builder XE, Delphi Prism XE e RadPHP XE
  2. RadPHP anteriormente conhecido como Delphi for PHP vem em nova versão e com várias novidades para o desenvolvimento de aplicações PHP
  3. Integração completa com Subversion no Delphi XE, C++Builder XE e Delphi Prism XE
  4. Agilidade no processo de desenvolvimento automatizando builds com FinalBuilder e algumas das funcionalidades do RAD Studio através de linha de comando
  5. Geração de Diagramas de Sequência a partir de código Delphi
  6. AQTime integrado e parte do RAD Studio XE melhorando a qualidade das aplicações através do Performance Profiler.

Assista o vídeo abaixo e conheça alguma das novidades na prática.

Isso é só o começo, durante as próximas 3 semanas estaremos comentando as novidades e trazendo novos vídeos.

Aproveita para visitar a página do RAD Studio Sneak Preview

Até breve.

48 respostas
  1. Fellipe
    Fellipe says:

    Pô!! Quando li: “ToolCloud” achei que iria ter algum Framework específico para Cloud… rsrsrs… se bem, fica aí uma dica.. quem sabe para as próximas versões?!

    Responder
  2. Wiltomar Duarte
    Wiltomar Duarte says:

    Andreano, e quanto ao desenvolvimento multiplataforma e win64, o que pode me dizer?

    É essa a versão final ou havemos de esperar outra?

    Responder
  3. Andreano Lanusse
    Andreano Lanusse says:

    XE quer dizer:

    X = suporte heterogênio a banco de dados
    E = Embarcadero

    Da uma lida neste post que explico um pouco mais dos benefício das versões XE

    Responder
  4. Tiago Latorre
    Tiago Latorre says:

    Boa tarde Andreano, eu tenho a mesma dúvida do Wiltomar. Esta versão é a tão esperada versão que compilará para outras plataformas, tais como Mac e Linux ?

    Vi o video e gostei bastante da integração com o Subversion, realmente ficou interessante.

    Responder
  5. William Duarte
    William Duarte says:

    É mesmo, essa versão do Delphi será multiplataforma, eu conseguirei compilar um aplicativo nativo “Win 32” para um Linux ou MAC ?

    Ela ainda está em desenvolvimento, ou já temos algum BETA para usarmos ?

    Abraços!

    Responder
  6. Leandro
    Leandro says:

    Olá Andreano. E a versão Turbo Delphi, ou Delphi Express (tal como as versões Express do Visual Studio), a Embarcadero tem planos e lançar algo assim?

    Responder
  7. Andreano Lanusse
    Andreano Lanusse says:

    Temos várias perguntas aqui, vou tentar responder todas

    – Suporte Linux/Mac

    Hoje nos publicamos o RoadMap atualizado para o RAD Studio http://edn.embarcadero.com/article/39934

    Nós estamos trabalhando no suporte a Mac e Linux além do suporte a 64 bits, os 3 projetos são importantes para a Embarcadero e requer muito desenvolvimento, estes recursos conforme o novo RoadMap não estarão presentes na versão XE.

    Nós na Embarcadero sabemos da importância para os desenvolvedores Delphi em suportar Linux/Mac e compilar para 64 bits, estamos trabalhando para que estes recursos sejam disponibilizados tão logo estejam prontos.

    – Suporte PostgreSQL

    Existem solicitação para o suporte a PostgreSQL, por favor acesse o http://qc.embarcadero.com e vote, isso nos ajudará a definir novos recursos no produto

    – Versão turbo/express

    Nós temos planos e estamos avaliando uma versão de baixo custo para aqueles que estão começando

    Responder
  8. lindemberg
    lindemberg says:

    pois éééééé….. Linux e MacOS que é bom ainda nada…. enquanto isso vou …junto aos clientes adiando esse requisito. Entendo que não deve ser algo simples e a propósito acredito que isso deva sair com grande qualidade…

    Eu comento essas novidades com os meus colegas de trabalho e os comentarios que eu ouço é… “boas novidades, mas nada inovador” … sabe, tá faltando um pouco da cultura ágil na comunidade delphi….a filosofia delphi estar muito ferramental e pouco ágil…. tá faltando uma pitada do empreededorismo presente na comunidade open source principalmente no âmbito do RubyOnRails….a embarcadero inclusive nesse ponto tá acertando de cheio ao investir na IDE do Rails com 3rdRails….é bom prestarem atenção a essa comunidade.

    Seria muito interessante que a propria Embarcadero lançasse uma revista mensal sobre as ferramentas , novidades, etc… isso com intuito de aproximar a comunidade, promover Dojo…. Eu acredito e sinto prazer trabalhar com Delphi, conheco o potencial da ferramenta, no entanto temos que seguir o mercado que paga o nosso salário… força a grande comunidade!

    Responder
    • Andreano Lanusse
      Andreano Lanusse says:

      Oi lindemberg,

      Obrigado por ser parte e apoiar está grande comunidade, tem muito inovação sim, em breve vou atualizar os artigos com todas as atualizações e inovações do Delphi nos últimos 6 anos, isso vai lhe dar uma idéia.

      Estamos sempre apoiando a comunidade e vamos continuar, com relação ao suporte a Linux e Mac o projeto está em andamento, mas só vamos lançar quando tiver um produto estável e com qualidade no mercado, fique tranquilo que suporte a Linux e Mac virá sim.

      Responder
    • Andreano Lanusse
      Andreano Lanusse says:

      Não é assim não J.Bravo, tem muita coisa nova e mais por vir, são milhões de desenvolvedores e cada um tem suas necessidades. Tentamos atender a todos.

      Responder
  9. Mota
    Mota says:

    Parabens a embarcadero o delphi 2009 e 2010 esta otimo leve estavel.
    Esperamos com ansiedade a versão para LINUX/MAC E 64 acredito que estas versões vao firmar o delphi como uma excelente ferramenta.
    ACREDITO QUE SE O VALOR DA VERSÃO PROFESSIONAL tiver um desconto de uns 40% ja estaria otimo.
    FAZ UMA VERSÃO PARA UNIVERSIDADES ISSO AJUDA A POPULARIZAR AINDA MAIS O DELPHI.
    QUERO COMPRAR O DELPHI SIM E QUANDO SAIR COM LINUX ACREDITEM VAI VENDER MUITO.
    SUCESSO ANDREANO PARABENS A TODOS DA EMBARCADERO

    Responder
  10. Jardson Cleyton
    Jardson Cleyton says:

    Amigos, realmente tem um assunto que esta me deixando intrigado, é sobre compilar em 64bits, meu notbook é W7 64Bits, eu utilizo a versão 10 do Delphi, e não tenho problema em compilar, sistemas em DataSnap, ou outros. Realmente não estou entendendo o que poderia ser esse compilar em 64Bits, se alguém poder me ajudar a tirar essa duvida, agradeço um Abraço a todos e parabens a Embarcadeiro venho acompanhando e me atualizando, depois do Delphi 2009, a evolução esta vindo a passos largos … Parabéns …

    Responder
  11. Jardson Cleyton
    Jardson Cleyton says:

    Olá pessoal, realmente não tinha entendido, foi erro de interpretação, mas lendo os comentarios novamente, minha duvida foi sanada … vlw pessoal.

    Responder
  12. Celso Henrique
    Celso Henrique says:

    Gostaria apenas que o DataSnap fosse mais transparente, com menos códigos e mais recursos, tais como: exportação de atributos (coisa que é possível através de SOAP/XML); e transporte de objetos nativamente, sem a necessidade de utilizar JSON.

    Responder
    • Andreano Lanusse
      Andreano Lanusse says:

      Oi Celso,

      O que você quer dizer com exportação de atributos?
      Recursos é o que não falta no DataSnap, a cada nova versão vem muita coisa nova, por favor me envie um email com suas necessidades.
      No Delphi XE a transformação para JSON no caso das classes proxy é feita automaticamente, mas ela existe, desta forma conseguimos dar portabilidade para outras linguagens se conectarem.

      Responder
  13. Junior Vaz
    Junior Vaz says:

    Andreano, já tem disponível para Download o ISO do Rad Studio XE ? Ainda estou em uma região do Brasil onde a internet é discada (Roraima) e fazer download da versão Free onde na instalação tem que fazer Download de novo não é fácil. Com o ISO posso pedir algum amigo em Goiás ou SP para me enviar por DVD o arquivo ISO ?!

    Responder
  14. Celso Henrique
    Celso Henrique says:

    Bom dia Andreano,

    Como não obtive nenhum contato seu sobre o e-mail que me solicitou, venho por meio dessa mensagem sugerir uma “pequena” alteração que julgo ser mais do que suficiente para atender às necessidades de muita gente quanto ao desenvolvimento de sistemas de objetos distribuídos.

    A estrutura do SOAP Server existente no Delphi é muito boa e atende praticamente todos os requisitos de um sistema de objetos distribuídos, mas, como todos dizem, a notação XML acaba influenciando no desempenho por conta da sua estrutura que consome mais banda do que os dados trafegados.

    Minha sugestão é que se altere os componentes da palheta WebServices para que estes também contemplem a notação JSON. Veja bem, não sei o tamanho dessa implementação, mas estou pedindo apenas para que esses componentes possibilitem ao desenvolvedor selecionar qual será a notação utilizada para o tráfego dos dados (XML ou JSON) e somente dos dados, pois não vejo necessidade de se alterar o WSDL. Dessa maneira, o desenvolvedor poderá criar um WebService do mesmo jeito que ele cria hoje, sem nenhuma diferença, tanto do lado servidor, quanto do lado cliente, mas com a possibilidade de selecionar qual a notação que ele irá usar para o tráfego das informações, via propriedade dos componentes e deixando por conta deles (THTTPRIO por exemplo) a responsabilidade de fazer o marshall e o unmarshall.

    Bem, não sei se fui claro, mas pra mim essa é uma implementação “simples” e que ajudaria muito.

    Atenciosamente.

    Responder
  15. Jaques
    Jaques says:

    Prezados senhores,
    Será que ao invés disso tudo (essas siglas todas), não seria viável um, digamos, renascimento do C++ Builder X?
    Aquela ferramenta que compilava para vários ambientes…
    Na minha modesta opinião, vivemos a era da quebra de paradigmas e da universalização e um IDE, digamos, universal, até que seria não seria uma má idéia.
    O futuro do desenvolvimento de software é C++ multiplataforma, e já estou migrando do Delphi para esta linguagem, e fico incomodado quando tenho que usar este ou aquele IDE.

    Responder
  16. russocorp
    russocorp says:

    Parabens Andreano e a todos da Embarcadero, realmente estão melhorando muito a ferramenta, principalmente nas últimas versões que acompanhei. Quando conseguirem colocar o compilador 64 bits e suporte a linux ai sim o negocio vai ficar realmente muito melhor.

    Responder
  17. LAERCIO GUERÇO
    LAERCIO GUERÇO says:

    Caro Andreano Lanusse, haveria alguma informção, fruto de pesquisa, que justifique um compilador para Linux e ou Mac?

    Minha impressão pessoal (do meu mundo é claro) , é que para os clientes que contratam nossos serviços, esta questão é secundária.

    Para aplicativos (parte de) que necessitam de um Servidor posso até concordar. Mas em linhas gerais não vejo esta questão com crucial.

    Minha visão é a que constato junto a clientes. Particularmente desejaria sim um compilador com tal capacidade.

    Abraços…

    Responder
  18. LAERCIO GUERÇO
    LAERCIO GUERÇO says:

    Uma informação relevante.

    Não sei se está acompanhando a onda de software com requisito de homologação, seja pelas esferas estaduais, municipais ou federal aqui no Brasil.

    O fato é que minha empresa necessitou homologar um sistema de venda(Balcão), fato este ocorrido no último dia 18, onde pude constatar junto a equipe homologadora (TI da UVA) que 85% dos sitemas homologados até esta data são construidos em Delphi.

    Me parece que o mesmo vem ocorrendo em São Paulo, que é um centro de homologação para desenvolvedores de todo pais.

    Abraços…

    Responder
  19. Eduardo Pagoto
    Eduardo Pagoto says:

    Olá Andreano!

    Sou programador Delphi, trabalhamos aqui com a versão 6 e banco de dados Firebird 1.5.

    Temos um software comercial e estamos enfrentando a seguinte situação: um de nossos clientes gostaria de ter acesso a seu estoque em tempo real em todas as suas filiais.

    Criei uma conexão VPN com a ajuda do programa ZeBeDee, direcionando a string de conexão do sistema para o IP do servidor da base de dados e funcionou. O problema é que a navegação ficou lenta.

    Testei tb a “Conexão de Área de Trabalho Remota” do Windows. Funciona muito bem, com boa velocidade. Mas gostaria de uma solução onde meu aplicativo acesse a base de dados diretamente via internet, como citado acima.

    Estou querendo resolver essa situação. Vc me indica o novo Delphi XE para este caso?

    Abraço!

    Responder
    • Andreano Lanusse
      Andreano Lanusse says:

      Eduardo no seu caso o DataSnap é a melhor solução, pois é rápido, leve e fácil de usar, além do ClientDataSet que traz uma série de funcionalidades para tratar dados. No meu blog tem muita informação sobre DataSnap, da uma olhada também no EDN – http://edn.embarcadero.com/br

      Responder
  20. Rafael Pimenta
    Rafael Pimenta says:

    Olá Andreano, Trabalho em uma empresa que possui clientes em todo Brasil e temos mais de 20 desenvolvedores/Analistas distribuídos entre Cobol e Delphi.
    Até hoje temos que compilar o serviço no kylix para podermos atender aos clientes que possuem servidores Linux.
    Dá um trabalho essa compilação! Desenvolvemos o serviço no Delphi e depois compilamos no Kylix utilizando virtualização. Tivemos que desenvolver alguns aplicativos, por exemplo para substituir o ‘FieldByname()’ por ‘Fields[index]’ e o ‘SQL.Add()’ por ‘SQL.Text := ‘ por questões inexplicáveis de perda de performace.

    Então posso dizer que o fate de futuramente ter compilação para Linux é uma notícia Ótima!
    Agora é aguardar!
    Obrigado e ótimo post!

    Responder
  21. Loester
    Loester says:

    Olá, boa noite a todos, aproveitando o assunto webservice;

    Não estou conseguindo consumir um webservice do meu servidor no meu cliente Android.
    O problema que no win32 funfa de boa. Tem algo que precisa ser feito quando muda a plataforma para android?

    Obrigado

    Responder

Trackbacks & Pingbacks

  1. RAD Studio XE disse:

    […] Fonte: Andreano Lanusse […]

  2. […] This post was mentioned on Twitter by Andreano Lanusse, Edson Alanis. Edson Alanis said: RT @andreanolanusse: Blog post: RAD Studio XE agora com Delphi XE, C++Builder XE, Delphi Prism XE e RadPHP XE http://bit.ly/8WZIME […]

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.